Ordem de Serviço, mais que uma obrigação, uma prova em processos trabalhistas

16/11/2018

          Considerando que as medidas de segurança devem ser comunicadas, é fundamental e uma obrigação legal o uso das ordens de serviço para este fim. Visto que é preciso o entendimento por parte do trabalhador de todas as funções, procedimentos, obrigações e condições para a realização de determinada tarefa.

          Portanto, este documento deve comunicar ao funcionário todas as informações e diretrizes pertinentes à tarefa que ele deverá realizar e assim autorizar o início de determinado serviço.

          A ordem de serviço pode ser representada como um contato permanente da segurança do trabalho na empresa com os colaboradores, pois tem como uma de suas funções a conscientização  do trabalhador sobre os riscos do ambiente de trabalho, além de orientar acerca das medidas adotadas pela companhia em favor da segurança do trabalhador.

 

Qual a importância das ordens de serviço?

 

            Este documento tem importância não apenas por  sua função prevencionista, mas também devido a seu caráter documental, pois nela estão registradas as atividades e o comprometimento dos envolvidos em desenvolvê-las de forma segura, protegendo a empresa e servindo como prova em eventual processo movido na esfera trabalhista. Para isso, deve-se entregar a ordem de serviço ao colaborador assim que este for contratado, sendo esta assinada pela empresa e por ele. Deste modo, ela se torna um comprovante do conhecimento das normas estabelecidas pela empresa e o trabalhador não poderá alegar o desconhecimento dos procedimentos a serem seguidos.

 

 Quem elabora as ordens de serviço?

 

            Devem ser elaboradas, preferencialmente, por um técnico ou engenheiro de segurança do trabalho em conjunto com administradores e demais funcionários.  As atividades devem ser pensadas e realizadas respeitando a saúde, o bem-estar e a segurança no trabalho.

           

 

É obrigatório emitir ordens de serviço?

 

            Sim, o aspecto legal das ordens de serviço pode ser visto no Capítulo V da CLT, Artigo 157, Inciso II, que diz que cabe a empresa instruir os empregados por meio das ordens de serviço sobre as medidas a serem tomadas, tendo como intenção evitar acidentes do trabalho ou doenças ocupacionais. Essa obrigatoriedade também pode ser vista na NR-01, item 1.7, alínea “b”, onde é dito que cabe ao empregador fazer sua elaboração e que sua emissão é obrigatória.

Além disso, a NR-28 define que podem ser geradas multas e punições para as empresas que descumprirem estas normativas.  

           

O que deve conter nas ordens de serviço?

 

          As informação mínimas que uma ordem de serviço deve conter são as seguintes:

            - Função executada;

            - Nome do funcionário;

            - Atividades desempenhadas;

            - Medidas Preventivas;

            - EPI’s a serem usados e a forma de uso;

            - Treinamentos e capacitações necessárias para desempenhar a tarefa;

            - Procedimentos em caso de acidente de trabalho;

            - Termo de responsabilidade;

            - Assinaturas;

            - Data de emissão;

           

          Partindo destes princípios, nota-se que esta é uma importante ferramenta a ser usada na mudança da cultura de segurança e deve ser implementada obrigatoriamente.

 

         A Ziel Engenharia possui profissionais qualificados e legalmente habilitados para realização de ordens de serviço, assim como para assessorar em todos os aspectos da Segurança do Trabalho. 

 

Caso persista qualquer dúvida sobre o tema abordado entre em contato conosco: 

 

E-mail: contato@zielengenharia.com   

Telefone: (51) 3108-3577  

Whatsapp: (51) 9118-4360 

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon

0800-878-3988 

(51) 99118-4360 (whatsapp)

Porto Alegre

Avenida Assis Brasil 115, sala 311

Porto Alegre – RS 91010-004

Caxias

Av. Itália, 482, sala 501 Caxias do Sul - RS

Pelotas

Rua General Argolo, 467, Pelotas/RS

Passo Fundo

Rua Morom, 768, 2o andar - Sala B Passo
Fundo - RS, Centro

Florianópolis

Av. Rio Branco, 404, Torre II, Sala 1203 -
Centro de Florianópolis/SC